Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Doentes com diabetes sofrem "grande acréscimo" de problemas clínicos devido à Covid-19, mostra estudo

Federação Europeia dos Enfermeiros em Diabetes demonstra riscos psicológicos e físicos "preocupantes".
Por Lusa 10 de Fevereiro de 2021 às 19:46
Coronavírus
Coronavírus FOTO: Nuno André Ferreira
Uma investigação da Federação Europeia dos Enfermeiros em Diabetes demonstrou riscos psicológicos e físicos "preocupantes" nas pessoas com diabetes durante a pandemia, bem como a interrupção nos cuidados de saúde em toda a Europa.

"Os resultados mostram que os enfermeiros especialistas em toda a Europa observaram aumentos expressivos de problemas físicos e psicológicos na população com diabetes, sendo que, em Portugal, os riscos a nível psicológico representam mais de metade das preocupações comparativamente aos riscos a nível físico. Os dados refletem ainda a interrupção significativa dos serviços clínicos para a diabetes na Europa", realçou em comunicado a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP).

A entidade participou na investigação promovida pela Federação Europeia dos Enfermeiros em Diabetes, que contou com a participação de 1.829 enfermeiros especialistas em diabetes de 27 países europeus, incluindo Portugal.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Deixou de fazer exercício físico e agora?

Começou com uma semana que depressa se tornou num mês e, quando deu por si, já não treinava há um ano. Pensava mesmo que o seu corpo não ia dar conta? Um especialista explica o que acontece física e mentalmente quando deixamos de nos exercitar regularmente. E avança com soluções para voltar à boa forma.