Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Sono profundo limpa "resíduos do cérebro", avança estudo

Prevenindo doenças neurodegenerativas, pesquisa reafirma importância de "ter uma boa noite de sono".
Por Lusa 20 de Janeiro de 2021 às 19:18
Dormir, sono
Dormir, sono FOTO: Freepik
O sono profundo tem a capacidade regeneradora de limpar "resíduos do cérebro", como a eliminação de proteínas tóxicas que podem levar a doenças neurodegenerativas, concluiu um estudo da Northwestern University, nos Estados Unidos, esta quarta-feira divulgado.

Segundo este estudo da instituição norte-americana, a eliminação dos resíduos apresenta-se como "crucial para a saúde do cérebro", prevenindo doenças neurodegenerativas, o que vem reafirmar a importância de "ter uma boa noite de sono".

"A eliminação de resíduos pode ser importante para manter a saúde do cérebro ou para prevenir doenças neurodegenerativas. A eliminação de resíduos pode ocorrer durante a vigília e o sono, mas é substancialmente aumentada durante o sono profundo", salientou Ravi Allada, autor principal da investigação que foi hoje publicada na revista "Science Advances".

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Deixou de fazer exercício físico e agora?

Começou com uma semana que depressa se tornou num mês e, quando deu por si, já não treinava há um ano. Pensava mesmo que o seu corpo não ia dar conta? Um especialista explica o que acontece física e mentalmente quando deixamos de nos exercitar regularmente. E avança com soluções para voltar à boa forma.