Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

“Há mais casos de cancro porque se vive mais”

João Oliveira entrou no IPO de Lisboa há 28 anos, foi diretor clínico entre 2001 e 2005 e voltou à mesma função em 2012, até assumir a presidência. O especialista em oncologia médica garante que tem havido enormes progressos no tratamento da doença, mas que faltam recursos humanos
Por Sónia Bento 25 de Dezembro de 2019 às 10:00
Prolongar a sobrevivência e aumentar a taxa de cura tem sido possível em diversos tipos de cancro, como o de sangue, da mama, do pulmão, do tubo digestivo ou do intestino. "Aprendemos a lidar com esta doença com menos angústia", afirma João Oliveira, presidente do Instituto Português de Oncologia de Lisboa (IPO).



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Notícias Recomendadas