Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Há uma tecnologia inovadora que permite tratar doenças proctológicas de forma indolor

Médico Eduardo Xavier é um dos pioneiros a utilizar esta técnica que trata Doença Hemorroidária e a Fissura Anal.
Por Jéssica Santos e Daniela Vilar Santos 21 de Julho de 2021 às 17:25
Dr. Eduardo Xavier
Dr. Eduardo Xavier
Dr. Eduardo Xavier
Dr. Eduardo Xavier
Dr. Eduardo Xavier
Dr. Eduardo Xavier

Uma nova técnica permite tratar doenças do foro proctológico com uma recuperação rápida, quase sem incisão ou remoção de tecidos e de forma completamente indolor. Um dos pioneiros a utilizar este procedimento em Portugal é Eduardo Xavier, médico cirurgião há mais de três décadas, que se dedica à especialidade da proctologia, cujo objetivo é estudar e tratar afeções do reto e do ânus. 

É nesta especialidade que se inclui o tratamento das hemorroidas, doença que afeta a qualidade de vida, causa grande sofrimento e pode levar à incapacidade do utente; das fístolas anais, ou seja, doenças crónicas que se iniciam dentro do reto ou do canal anal terminando em um ou mais orifícios na pele junto do ânus; e do sinus pilodinal, doença frequente sobretudo em utentes do sexo masculino, e com idades mais jovens. 

Em entrevista ao CM, o médico cirurgião explica que a técnica consiste na aplicação de um laser desenvolvido pela empresa israelita NeoLaser, em Portugal distribuído pela DermWorks, que oferece aos doentes um tratamento inovador da doença hemorroidária. 

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Água com gás: saudável ou nem por isso?

Melhora a digestão, pode ajudar a perder peso, e é mais interessante do que a água pura do ponto de vista nutricional, dizem alguns especialistas. Mas nem todos têm a mesma opinião.