Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

"Muitas pessoas não querem fazer o teste do VIH com medo das consequências sociais"

Começa hoje a Semana Europeia do Teste VIH e Hepatites Virais e decorre até dia 29. O objetivo é permitir um rastreio gratuito da doença
Por Vanda Marques 22 de Novembro de 2019 às 07:00

A importância do rastreio é também a chave para a solução. É que só fazendo o teste é possível saber o estatuto serológico para estas infeções. Hoje em dia, com um tratamento adequado é possível curar a infeção pela hepatite C. Além disso, quando falamos de um tratamento precoce e eficaz para a infeção pelo VIH, é possível atingir carga viral indetetável, ou seja, tornando o vírus intransmissível.

A Semana Europeia do Teste VIH-Hepatites acontece entre 22 a 29 de novembro. De norte a sul do país existem mais de 30 locais de rastreio. As sessões são confidenciais, gratuitas e anónimas. Em Lisboa, por exemplo, vão estar duas tentas de rastreio no Martim Moniz (entre as 10h e as 18h) e será a equipa GAT’AFRIK (novo serviço do GAT direcionado à população migrante) estará a fazer o rastreio. Esta é já a sétima edição. A organização explica que os testes estão abertos a qualquer pessoa mas destacam a população que está em situação de maior vulnerabilidade para a infeção pelo VIH hepatites virais B e C. O comunicado revela que são "homens que fazem sexo com homens (HSH), migrantes (incluindo pessoas originárias de países com maior prevalência), trabalhadores do sexo, reclusos e pessoas que usam drogas injetáveis".

Falámos com Ricardo Fernandes que alerta que em Portugal mais de 50% dos casos são diagnosticados numa fase tardia. O diretor executivo do GAT - Grupo de Ativistas em Tratamentos – que foi selecionada para o primeiro compêndio de boas práticas da Organização Mundial de Saúde - Europa, em julho de 2018, através do projeto Rede de Rastreio Comunitária, revela ainda que existem muitos preconceitos em relação a estas doenças. 

As sessões de rastreio são gratuitas, anónimas e confidenciais. Qual é a importância destes rastreios?

A importância deste rastreios os e de serem feitos de forma anónima gratuita, anónima e confidencial é permitir que não existam qualquer barreira sua realização, segundo as evidências e recomendações internacionais. Adicionalmente o facto de a pessoa ter a resposta em 20/30 minutos permite que esta seja reencaminhada rapidamente para os cuidados de saúde onde pode ser seguida e tratada e evitando assim a progressão da doenças e a sua transmissão a outras pessoas.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

O verdadeiro peso da performance sexual numa relação

“Os homens focam-se na performance, sentem que têm de ser ótimos enquanto amantes e têm que dar prazer, e elas têm de ser sexy e sensuais” Marta Crawford, sexóloga, desmistifica as questões das “deusas” e “deuses” do amor.