Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Transplante de pulmões obriga a mudança radical de rotina

Pessoas com mais de 65 anos ficam excluídas da lista de espera.
Por Francisca Genésio 28 de Janeiro de 2018 às 10:19
Operação pode demorar entre quatro a seis horas
Presunto é um dos alimentos desaconselhados pelos médicos porque aumenta os níveis de colesterol
Queijo amanteigado deve ser evitado pelos transplantados devido às elevadas quantidades de gordura
Ovos devem ser bem cozinhados, sobretudo a gema. Ovos pasteurizados são a solução para diminuir o risco de infeções
Operação pode demorar entre quatro a seis horas
Presunto é um dos alimentos desaconselhados pelos médicos porque aumenta os níveis de colesterol
Queijo amanteigado deve ser evitado pelos transplantados devido às elevadas quantidades de gordura
Ovos devem ser bem cozinhados, sobretudo a gema. Ovos pasteurizados são a solução para diminuir o risco de infeções
Operação pode demorar entre quatro a seis horas
Presunto é um dos alimentos desaconselhados pelos médicos porque aumenta os níveis de colesterol
Queijo amanteigado deve ser evitado pelos transplantados devido às elevadas quantidades de gordura
Ovos devem ser bem cozinhados, sobretudo a gema. Ovos pasteurizados são a solução para diminuir o risco de infeções
O transplante pulmonar significa, para muitas pessoas, a última esperança de sobrevivência e todos têm que enfrentar o mesmo desafio: as listas de espera. Mas, se por um lado, a cirurgia significa uma nova oportunidade, o transplante pulmonar obriga também a uma mudança radical nos hábitos de cada doente.



Relacionadas
Notícias Recomendadas