Barra Cofina

OMS diz que podiam evitar-se milhões de mortes por ano com mais atividade física

Combate ao sedentarismo deve ser praticado em todas as idades.
Por Lusa 26 de Novembro de 2020 às 08:15
Atividade física aliada a uma alimentação saudável e equilibrada ajuda na perda de peso
Atividade física aliada a uma alimentação saudável e equilibrada ajuda na perda de peso FOTO: Direitos Reservados
Até cinco milhões de mortes por ano poderiam ser evitadas, a nível mundial, com um aumento da ativiadde física, estimou esta quarta-feira a Organização Mundial de Saúde (OMS), ao lançar as linhas orientadoras para esta área.

O combate ao sedentarismo deve ser praticado em todas as idades e mesmo por pessoas com condicionantes físicas por motivo de doença, defendeu a OMS, ao anunciar as novas diretrizes.

A organização sugeriu, neste contexto, que devem ser destinadas pelo menos duas horas e meia a cinco horas, por semana, para atividade aeróbica moderada a vigorosa, no caso dos adultos.

Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Eletromagnetismo, treinar o corpo sem ir ao ginásio

Mais firmeza, menos "relevo" e mais energia são os efeitos sentidos depois de seis sessões de eletromagnetismo de alta intensidade numa clínica de estética em Lisboa. Saiba como funciona esta técnica, que alcança 20 mil contrações musculares em 30 minutos.

Ciência

Covid-19. O que mais pode fazer para evitar contágios?

Mais prevenção, comunicação assertiva, meios para interromper as cadeiras de transmissão. Ricardo Mexia, médico da saúde pública e epidemiologista, reforça aquilo que já devia estar a ser feito e o que podemos mudar para evitar contágios em Portugal.

Ciência

O que deve saber para combater a nova variante da Covid-19

Ricardo Mexia, médico de saúde pública e epidemiologista, explica quais os aspectos mais preocupantes em relação às novas mutações do vírus, e como Portugal está a sofrer com o seu aparecimento. Saiba também a que sintomas estar atento/a.