Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

É difícil, mas vamos falar dos medos

Do escuro, da solidão e da morte: os receios dos miúdos são vários e para superar. Há um livro que mostra cada pavor como se fosse um monstro divertido.
Por Maria Espírito Santo 11 de Outubro de 2019 às 16:32
Era um fim de tarde normal. Os três miúdos estavam no quarto, num caos de brincadeiras quando um deles, de seis anos, na altura, exclamou: "Quero ser um boneco." A explicação veio logo a seguir: "É que os bonecos nunca morrem. Não quero morrer." Seguiu-se a choradeira.

O tema foi recorrente durante uns tempos, explica Raquel, mãe de três. "Acho que tudo começou quando um dia passámos por um poster do José Saramago e eu expliquei que era um escritor que já tinha morrido. Não sei porquê, a partir daí, fizeram imensas perguntas." Na cama, naqueles momentos antes de dormir, os três rapazes (gémeos de seis anos e o mais velho de sete anos) chamavam insistentemente os pais: queriam saber porque é que as pessoas morrem, como, quando. "Respondia sempre. Dizia-lhes que as pessoas morrem, sim, mas quando já são muito velhinhas", diz a mãe. Ficavam mais tranquilos.

Ao longo dos anos foram manifestando outros receios: de ficar perdidos, de adoecer, de guerras. Mas há muitos outros medos comuns a acrescentar à lista: como o medo da morte, do escuro, de animais ou até o medo do medo. "Há milhares de anos esse tipo de emoções permitiu que não nos extinguíssemos, que nos salvássemos de situações objetivamente perigosas. Mas, hoje, para que é que precisamos delas?" A dúvida é da italiana Barbara Frandino. A jornalista e escritora de livros infantis é a autora de Que Medo! (Bertrand Editora), uma compilação ilustrada dos medos mais comuns e sugestões para os ultrapassar.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Relacionadas
Notícias Recomendadas