Barra Cofina

O que fazer quando alguém que conhece perde um bebé?

Chrissy Teigen perdeu um bebé, Jack, durante a gravidez. Em 2018, registaram-se 370 óbitos perinatais em Portugal.
2 de Outubro de 2020 às 18:18
FOTO: Getty Images
Chrissy Teigen, modelo e apresentadora de televisão, revelou ter perdido o filho Jack durante a gravidez. Teigen foi hospitalizada devido a problemas relacionados com a placenta, e contou nas redes sociais o que tinha acontecido. Em Portugal, registaram-se 370 óbitos perinatais (mortes de fetos com 28 ou mais semanas e óbitos de bebés com menos de sete dias de idade) no ano de 2018.
O canal britânico BBC reuniu alguns conselhos para pessoas que queiram apoiar quem passa por este luto. Louise Barrett relata que é um tipo de dor só sentida por quem já perdeu um filho ou filha. Barrett perdeu o filho, Ellis, aos quatro dias de vida, devido à Síndrome de Morte Súbita do Lactente. 
Segundo Barrett, os piores comentários vieram de estranhos. Ouviu: "Não te preocupes, és jovem o suficiente, podes ter outro bebé". E assinala que este tipo de opiniões sugerem que "a vida do bebé não importava". 
"Os nossos amigos e família estavam sempre lá para nós. Desde que estivessem não fazia grande diferença o que diziam. Falávamos de outras coisas. Trata-se de voltar à normalidade quando se passa por uma experiência tão horrenda", detalha Barrett à BBC. 
Kate Marsh, parteira que colabora com a organização Tommy, que apoia a investigação sobre as interrupções de gravidez e mortes no parto, acredita que é importante não ficar calado. "A coisa mais importante é dizer-se qualquer coisa, definitivamente. Idealmente, algo como 'Lamento que isto tenha acontecido'". 
Também é importante usar o nome do bebé, segundo a BBC. 
Se quiser contactar a pessoa via mensagem, esta deve ser curta e deve reconhecer a situação pela qual a pessoa está a passar. Pode oferecer-se para estar com ela e mostrar apoio. 
Também é importante demonstrar disponibilidade para ajudar, seja a fazer as compras, com as limpezas ou a passear o cão.
Finalmente, não se deve evitar quem está a passar por um período de luto. O mais importante, de acordo com a BBC, é reconhecer aquele bebé e a sua existência. 
Notícias Recomendadas
Família

Histórias de infidelidade em tempos de Covid-19

Na vida em casal, a convivência permanente pode ocasionar uma série de intempéries, à partida nada que não se resolva ou assim garantem os especialistas. O problema é quando o tal infortúnio veste o nome de infidelidade. Como lidar como uma traição que tem de ser gerida entre as quatro paredes de uma casa, e sem qualquer tipo de escape?

Menopausa

Fátima Lopes: “Cabe a nós mulheres, falarmos com orgulho da menopausa”

“Estou com a menopausa, e agora?”. De acordo com especialistas, esta é a questão que mais mulheres levantam quando se deparam com aquela nova fase das suas vidas. Em Mulheres sem Pausa, conversa-se acerca da Menopausa de forma descomprometida, sem receios ou preconceitos. Tal como deve ser.