Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Enxaqueca: o que é e como prevenir

É incurável. Atinge uma percentagem significativa da população e tem um impacto grande na qualidade de vida.
Por Rogério Chambel 3 de Fevereiro de 2020 às 01:30
Dor de cabeça
Dor de cabeça FOTO: Getty Images
A enxaqueca é uma dor de cabeça latejante, de intensidade moderada a grave, que geralmente afeta um só lado da cabeça e impede a realização de atividades diárias normais. Pode ser desencadeada pela falta de sono, mudanças no clima, fome, excesso de estimulação dos sentidos, stress ou outros fatores.

Enxaqueca e dor de cabeça não são exatamente a mesma coisa. A cefaleia, normalmente designada por dor de cabeça, é uma situação clínica muito frequente. A enxaqueca é um tipo comum de dor de cabeça ou de cefaleia. Ou seja, a enxaqueca é uma dor de cabeça, mas uma dor de cabeça nem sempre é uma enxaqueca.

A enxaqueca atinge cerca de 12% da população mundial, com uma incidência maior na quarta década de vida. Estima-se que a prevalência ao longo da vida seja entre 11 e 32% em vários países. Segundo a Organização Mundial de Saúde, é a 8ª causa a nível mundial de anos vividos com incapacidade, quando consideradas todas as doenças conhecidas no Mundo.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

E se pudesse reiniciar o cérebro? Os conselhos de um neurologista

O cérebro humano está a ser gravemente manipulado pelos estímulos da tecnologia e as consequências refletem-se em comportamentos que nos deixam cada vez mais doentes. Em Limpeza Cerebral, o recém lançado livro do neurologista David Perlmutter e do médico internista Austin Perlmutter, reúnem-se técnicas para combater esta realidade.

Bem Estar e Nutrição

Cirurgia estética. Quais são os procedimentos mais pedidos?

Especialista em cirurgia plástica e medicina estética, Sofia Santareno fala sobre o impacto da sua "arte manual" na saúde mental, da mudança de paradigma nesta área, e de como este tipo de procedimentos deixaram de ser tabu.