Barra Cofina

O que é a pneumonia?

A pneumonia é causada por bactérias, vírus ou fungos. Conheça os sintomas.
Por Leonor Riso 12 de Novembro de 2019 às 11:02
FOTO: Getty Images

A pneumonia consiste numa inflamação aguda do tecido pulmonar, em particular dos alvéolos, os "sacos de ar" do pulmão. Devido à inflamação, ficam preenchidos com líquido não conseguindo realizar as trocas gasosas em que consiste a respiração.

À doença, foi consagrado um Dia Mundial que ocorre a 12 de novembro.

A pneumonia é causada por bactérias, vírus ou fungos. Os mais comuns são o streptococcus pneumoniae, o haemophilus influenzae type b (Hib) e o vírus respiratório sincicial, indica o site da CUF.

Os sintomas podem ser febre, arrepios de frio, tosse com expetoração de cor amarelada, esverdeada ou cor de ferrugem, dificuldade respiratória ou falta de ar, dor torácica, de cabeça ou muscular.

A pneumonia requer tratamento imediato e é diagnosticada com recurso a radiografias torácicas, por exemplo. Caso seja de causa bacteriana – a mais frequente – a doença é tratada com o recurso a antibióticos. Porém, cada caso é um caso e o acompanhamento médico é essencial para evitar complicações.

Entre os grupos de risco, encontram-se os idosos, os doentes crónicos, os seropositivos e outras pessoas cujo sistema imunitário esteja comprometido.

Saiba mais sobre esta doença no guia prático Médico em Casa, todos os dias nas bancas com o Correio da Manhã.

Sintomas (Pneumonia)
  • Febre elevada, por volta dos 40ºC
  • Dor torácica intensa
  • Tosse com expetoração produtiva (pode ser seca em bebés e idosos)
  • Dificuldade em respirar, falta de ar, sons sibilantes e respiração ruidosa

Sintomas (Legionela)
  • Febre alta (acima de 40ºC)
  • Cansaço
  • Dores musculares 
  • Tosse seca e dificuldade respiratória
  • Diarreia

Prevenção
Existe uma vacina contra o pneumococcus, indicada em crianças com menos de cinco anos, adultos com mais de 65 anos e pessoas com elevado risco de infeção, como por exemplo as que têm doenças respiratórias crónicas ou depressão imunitária.

Como se trata
O tratamento para a pneumonia bacteriana consiste na administração de antibióticos como a azitromicina ou amoxicilina. 
Devem ser ingeridos muitos líquidos e usados paracetamol ou ipobrufeno para reduzir a febre e o desconforto.
A hospitalização pode ser necessária se a infeção for grave, sendo geralmente recomendada em pessoas acima dos 65 anos para a administração de antibióticos endovenosos e oxigénio. 
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Como ser saudável durante um dia

Saiba quais os alimentos escolher e como prepará-los desde o pequeno-almoço à ceia para equilibrar a alimentação e fortalecer a imunidade.

Família

De amantes a amigos

Na altura em que o ‘até que a morte nos separe’ dá lugar ao ‘enquanto o amor durar’, nasce uma nova forma de separação. Aqui, o ex passa de amante a amigo, aliado numa relação que se recicla e reinventa.