Barra Cofina

Pneumonia mata 23 pessoas por dia em Portugal

Dificuldade respiratória é um dos principais sintomas.
Por Francisca Genésio 12 de Novembro de 2017 às 09:43
Diagnóstico é realizado através de uma radiografia ao tórax
Médicos
Médicos
Diagnóstico é realizado através de uma radiografia ao tórax
Médicos
Médicos
Diagnóstico é realizado através de uma radiografia ao tórax
Médicos
Médicos
A pneumonia mata, em média, 23 pessoas por dia no País. Todos os anos, são diagnosticados mais de 150 mil casos em Portugal, dos quais cerca de 40 mil resultam em internamentos, alerta o médico pneumologista Jaime Pina, membro da Fundação Portuguesa do Pulmão.

"As infeções mais prevalentes no ser humano são as respiratórias e isso tem uma razão muito simples: o sistema respiratório está constantemente em contacto com o exterior porque respiramos 10 mil litros de ar por dia, logo, estamos sujeitos a várias infeções. A pneumonia é uma infeção do próprio pulmão que afeta sobretudo os alvéolos, causada principalmente por bactérias, vírus, ou outros agentes infecciosos", explica o pneumologista.

O diagnóstico da doença é confirmado através de uma radiografia ao tórax, mas também podem ser recolhidas análises sanguíneas para identificar o microrganismo causador da infeção.

Os sintomas são comuns à gripe, mas destaca-se a dificuldade respiratória.

"A pneumonia atinge todas as idades. Mas as crianças e os idosos são pessoas com maior risco de contraírem a doença", alerta o médico Jaime Pina.

Os grupos de risco incluem ainda pessoas com mais de 50 anos, que sofram de diabetes, doença cardíaca ou outras doenças respiratórias.

Pormenores
Duração da pneumonia
A duração da pneumonia pode variar entre alguns dias até uma semana ou mais, sendo que o tratamento com antibiótico dura 7 a 14 dias. Os cuidados incluem repouso, alimentação cuidada e a ingestão de líquidos para combater a desidratação.

Tratamentos
O tratamento para a pneumonia é geralmente feito com antibióticos e a maior parte das vezes esta doença pode ser tratada em casa. O internamento hospitalar pode ser necessário em casos mais graves.
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Como ser saudável durante um dia

Saiba quais os alimentos escolher e como prepará-los desde o pequeno-almoço à ceia para equilibrar a alimentação e fortalecer a imunidade.

Família

De amantes a amigos

Na altura em que o ‘até que a morte nos separe’ dá lugar ao ‘enquanto o amor durar’, nasce uma nova forma de separação. Aqui, o ex passa de amante a amigo, aliado numa relação que se recicla e reinventa.