Sub-categorias

Notícia

CASO MODERNA: JAGUAR DE PORTAS ERA CARRO DE SERVIÇO

O Jaguar de Paulo Portas, pago pela Universidade Moderna, era um carro de serviço oferecido como recompensa pelos bons resultados da empresa de sondagens Amostra, segundo alega o actual ministro da Defesa.
10.07.02
  • partilhe
  • 0
  • 0
Esta foi a resposta dada por Paulo Portas a uma das 117 questões que constam da lista feita pelo colectivo de juízes, e Ministério Público, sobre o caso Moderna.

Portas explicou que o carro foi-lhe atribuído em 1997, altura em que a empresa Amostra/Centro de Sondagens da Universidade Moderna conseguiu ganhar crédito no mercado com o trabalho realizado durante as eleições autárquicas.

A aquisição do veículo foi realizada por “sugestão da Dinensino”, e o contrato de leasing foi assinado pelo próprio Portas, enquanto gerente da Amostra. A Universidade Moderna pagava mensalmente 340 contos pelo Jaguar.
Qual é o seu nível de satisfação ao ler esta notícia?
  • Muito insatisfeito
  • Muito satisfeito

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

pub