Idanha-a-Nova formaliza candidatura dos Mistérios da Páscoa à UNESCO

Projeto conta com 250 manifestações de piedade popular que se desenrolam ao longo de 90 dias.
Por Lusa|07.02.18
Idanha-a-Nova formaliza candidatura dos Mistérios da Páscoa à UNESCO
Foto Direitos Reservados

A Câmara de Idanha-a-Nova formalizou a candidatura dos Mistérios da Páscoa, manifestações de religiosidade popular ligadas ao ciclo quaresmal e pascal, às boas práticas do Património Imaterial da Humanidade da UNESCO, anunciou esta quarta-feira a autarquia.

O dossiê de candidatura foi entregue na terça-feira, junto da Comissão Nacional da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

"A sustentar este projeto estão 250 manifestações de piedade popular que se desenrolam ao longo de 90 dias em todo o concelho, desde a Quarta-feira de Cinzas ao Domingo de Pentecostes, as quais se traduzem numa grande riqueza cultural", explica em comunicado enviado à agência Lusa o presidente deste município do distrito de Castelo Branco, Armindo Jacinto.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!