Sub-categorias

Notícia

José Manuel Meirim rebate fundamentos para rejeição de listas de Seara e Alves

Um dos argumentos da deliberação é a de que pode ficar um vazio decorrente das candidaturas não apresentarem listas para todos os órgãos.
10.06.14
  • partilhe
  • 0
  • +

O especialista em direito desportivo José Manuel Meirim discordou esta terça-feira dos fundamentos invocados pelo presidente da Assembleia Geral da Liga, Carlos Pereira, para rejeitar as candidaturas de Fernando Seara e de Rui Alves à presidência daquele organismo.

"De acordo com os estatutos e regulamentos, não parece que exista uma ligação entre as eleições de todos os órgãos da Liga. Pelo contrário, a eleição do presidente é à parte, uninominal, e os termos de aprovação são diferentes dos restantes órgãos", disse José Manuel Meirim, comentando a rejeição candidatura de Fernando Seara com base na não apresentação de uma lista para a Comissão Arbitral.

Para José Manuel Meirim, são os próprios estatutos que dizem que as eleições se fazem mediante "a apresentação de listas para cada um dos órgãos a eleger", o que significa que a eleição "não é feita através de uma lista única, mas de listas para cada um dos órgãos". Um dos argumentos da deliberação é a de que pode ficar um vazio decorrente das candidaturas não apresentarem listas para todos os órgãos, mas José Manuel Meirim entende que os estatutos "têm uma norma que preenche esse vazio".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

pub