Sub-categorias

Notícia

Guerreiros nórdicos invadem capital lusa

‘Vikings, Guerreiros do Mar’ já foi vista por 40 mil e espera mais dez mil até fim do mês.
Por Ana Maria Ribeiro|12.01.18
O barco ‘Joanna’ foi construído, do casco até à vela, no pavilhão da Dinamarca da Expo’98, em Lisboa. Com os mesmos materiais com que os vikings – piratas e comerciantes nórdicos dos séculos VIII a XI – os fabricavam. Agora está de volta ao nosso País e é com ele que abre a exposição ‘Vikings – Guerreiros do Mar’, patente no Museu de Marinha até 4 de fevereiro.

Segundo o tenente Gonçalves Neves, esta "é a maior exposição sobre a cultura viking de sempre", e fora da Dinamarca só foi vista em Alicante antes de vir para Portugal. "São 650 peças originais – ou seja, todas elas com mais de mil anos de existência – e ilustram a sociedade e a cultura vikings nos seus mais variados aspetos", explica o chege do Serviço de Investigação do museu.

Desde as famosas embarcações até às armas usadas nas batalhas, dos adornos pessoais aos instrumentos de trabalho no campo e na tecelagem, a exposição é abrangente e nem sequer lá falta uma réplica da famosa pedra de Jelling, datada do século X, e que, entre outras inscrições, dá conta da conversão dos dinamarqueses ao cristianismo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!