Obras de 3,5 milhões na Capela dos Ossos

Intervenção contempla Capela dos Ossos e construção de museu.
Por Sandra Rodrigues dos Santos|12.03.15
  • partilhe
  • 0
  • +
Obras de 3,5 milhões na Capela dos Ossos
26 conservadores restauram o interior da igreja e capela Foto Hugo Rainho

As obras de conservação e restauro da Igreja de São Francisco/Capela dos Ossos, em Évora, deverão estar concluídas no final do verão, permitindo que o espaço volte a abrir ao público no dia do santo patrono do monumento, a 4 de outubro. O investimento ascende a 3,5 milhões de euros e, além da reabilitação do espaço, inclui a construção de um museu de arte sacra e de um museu para exposições temporárias.

"Esta é a primeira operação integrada de reabilitação, conservação e restauro em todo um complexo desta importância que é feita em Portugal", explicou ao Correio da Manhã José Paulo Costa, presidente da Stap, a empresa responsável pelas obras.

O responsável adiantou que todo o edifício estava bastante deteriorado, em grande parte ainda devido a danos sofridos no sismo de 1755, que não foi sendo possível reparar aos longos dos anos. "Havia uma fenda de uma ponta à outra da cúpula que estamos a reparar com tirantes e estamos a fazer um reforço de todo o complexo para evitar o desmoronamento em caso de terramoto", revelou José Paulo Costa.

Todo o interior e objetos da igreja, bem como os sistemas elétrico e de iluminação estão, também, a ser restaurados por uma equipa composta por 26 conservadores e 60 operários. A intervenção contempla, ainda, a instalação de um sistema de videovigilância que contará com um total de 50 câmaras.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!