Correio da Manhã

Procuradora Cândida Vilar afastada
Cândida Vilar
10:07
  • Partilhe
Procuradora da República destacou-se por combater o crime violento.

Cândida Vilar, a procuradora da República que nos últimos seis anos se destacou no desmantelar de várias associações criminosas na Grande Lisboa, em articulação com a Judiciária, PSP e GNR, e que no caso do megaprocesso dos skinheads sofreu ameaças, foi ontem afastada da coordenação da Unidade de Combate ao Crime Violento do DIAP.

A decisão de Maria José Morgado causou mal-estar junto da magistrada que desfez as máfias da Noite e Brasileira, o gang do multibanco e os crimes no seio da claque No Name Boys, entre outros. Ao Correio da Manhã, a diretora do DIAP justifica a decisão com "razões internas que se prendem com a escassez de funcionários". Cândida Vilar, segundo Maria José Morgado, foi integrada "nos serviços da direção" e "continuará a despachar processos com características que encaixem no seu perfil".

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE