Sub-categorias

Notícia

Ação em tribunal contra petróleo

Testemunhas ouvidas no dia 23. Turismo condena decisão.
Por João Mira Godinho|15.02.18
O Tribunal Administrativo de Loulé começa, na próxima semana, a ouvir as testemunhas no âmbito da providência cautelar, interposta por diversas associações, contra a prospeção de petróleo no mar, na Costa Vicentina de Litoral Alentejano.

Para sexta-feira, dia 23, na parte da manhã, está agendada a audição das testemunhas das associações, agrupadas na Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP). À tarde serão ouvidas as testemunhas do Ministério do Mar. No dia 28, de manhã, é a vez de falarem as testemunhas do consórcio ENI/GALP, que pretende realizar as sondagens.

A informação foi ontem avançada pela PALP, no mesmo dia em que a Região de Turismo do Algarve (RTA) condenou publicamente o prolongamento da licença para exploração de hidrocarbonetos na Costa Vicentina por mais um ano.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!