Sub-categorias

Notícia

19 militares acusados por mortes nos Comandos

Respondem por abuso de poder e ofensas graves à integridade física.
Por Henrique Machado|20.06.17
A procuradora Cândida Vilar já acusou 19 militares, entre sargentos (instrutores), um enfermeiro, um médico e altas patentes responsáveis pelo curso de Comandos, por crimes graves relacionados com as mortes de Hugo Abreu e Dylan Silva, numa prova em Alcochete a 4 de setembro do ano passado.

Ao que o CM apurou, vão todos responder por crimes como abuso de poder e ofensas à integridade fisíca agravadas.

No entanto, o despacho de acusação ainda não foi junto ao processo por falha administrativa dos serviços do DIAP de Lisboa.


Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub