Sub-categorias

Notícia

Vive com cadáver da mãe para ficar com reforma

Corpo de professora aposentada estava em decomposição e embrulhado em cobertores, em Sintra.
Por Daniela Vilar Santos e Joana de Sales|10.04.17
Uma professora reformada foi encontrada esta segunda-feira morta na casa onde vivia com o filho, em Almargem do Bispo, Sintra.

O CM apurou que o homem, Pedro, vivia com a mãe morta em casa há mais de um mês para ficar com a reforma da idosa, como de resto confessou à Judiciária – que aguarda pela autópsia para apurar as causas da morte. Não foi detido, mas é, para já, suspeito de fraude à Segurança Social.

A vítima tinha 73 anos e, segundo os vizinhos, já não era vista desde que chegou do hospital onde esteve internada cerca de um mês. O corpo foi encontrado na cama, embrulhado em cobertores e já em avançado estado de decomposição. O alerta foi dado à junta de freguesia pela dona da habitação da antiga professora.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub