Sub-categorias

Notícia

Esquadras e carros na lista de prioridades do Orçamento

Forças de segurança vão ter 1600 milhões de euros para gastar.
Por Miguel Curado|18.10.16
Esquadras e carros na lista de prioridades do Orçamento
Lei de Programação das Forças de Segurança prevê mais investimento em instalações e viaturas nas forças policiais, bem como a aquisição de armas e coletes Foto Vítor Mota
Os 1600 milhões de euros que o Orçamento do Estado para 2017 vai entregar às forças de segurança já têm uma prioridade: instalações velhas e a necessitar urgentemente de obras e um parque automóvel deficitário, com muitas viaturas encostadas para arranjo.

O próximo ano marca, de resto, o início da aplicação da Lei de Programação das Infraestruturas e Equipamentos das Forças e Serviços de Segurança, há muito reclamada pelos sindicatos e associações representativos do setor. A implementação deste quadro legislativo está prevista até 2021, e contou com a colaboração da GNR, PSP e Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) durante a execução.

Tanto a Polícia quanto a Guarda reclamam uma rápida renovação das instalações (esquadras e postos territoriais) e a aplicação de um plano de encerramento e obras pensado pelo ex-ministro da Administração Interna do governo PSD-CDS, Miguel Macedo, mas ainda não aplicado. Paulo Rodrigues, presidente da Associação Sindical dos Profissionais da PSP, frisou ainda a necessidade de "mudanças na gestão da frota automóvel da Polícia, que tem centenas de viaturas sem condições para andar na rua em missões de patrulha".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub