Sub-categorias

Notícia

Fiscais condenadas por corrupção e peculato

Funcionárias da câmara receberam 4 mil euros de suborno.
Por Tiago Griff|08.04.17
Duas funcionárias da Câmara Municipal de Olhão foram condenadas a penas de prisão pelos crimes de corrupção e peculato. Foi dado como provado, ontem, no Tribunal de Faro, que aceitaram dinheiro para não multarem o proprietário de uma construção sem licença.

Ontem, o coletivo de juízes do Tribunal de Faro condenou Ana Oliveira a uma pena de 3 anos e um mês de prisão por corrupção e peculato - este crime por ter usado o carro da autarquia para ir buscar o dinheiro - e Helena Gaspar a 3 anos por corrupção. As penas ficaram suspensas.

O caso remonta a março de 2016. As funcionárias do serviço de fiscalização da Câmara de Olhão aceitaram quatro mil euros, para dividir entre elas, de um homem de nacionalidade belga. O dinheiro serviria para não ser passada uma contraordenação pela construção de um armazém, na zona de Moncarapacho, sem licença camarária. As arguidas foram detidas pela Polícia Judiciária um mês depois.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub