Sub-categorias

Notícia

Homem morreu no Sabugal cercado pelas chamas que ateou

Queimada fugiu do controlo da vítima, de 73 anos.
Por Lusa|10.10.17

O homem de 73 anos que na segunda-feira foi encontrado morto no concelho do Sabugal, no local onde deflagrou um incêndio rural, morreu cercado pelas chamas que ateou, esclareceu esta terça-feira a Polícia Judiciária (PJ).

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere em comunicado hoje divulgado que, com a participação direta de peritos do Laboratório de Polícia Científica, que também participaram na inspeção ao local, "recolheu elementos fortemente indiciadores" em como o incêndio florestal "teve origem em queima de sobrantes".

"Esta atividade foi levada a cabo por [um] homem de 73 anos de idade, que, entretanto, foi cercado pela força das chamas que rapidamente fugiram ao seu controlo e que provocaram a sua morte no local", refere a nota.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub