Sub-categorias

Notícia

Aprenda a descomplicar a asma

Dez conselhos para quem tem asma e para quem vive com asmáticos.
29.07.13
Aprenda a descomplicar a asma
A asma é a principal causa de hospitalização das crianças nos países desenvolvidos Foto Getty Images

Se não sofre com asma, certamente tem um familiar ou amigo com a doença. Este problema de saúde pública afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Só em Portugal, um milhão de pessoas têm asma.

A doença sem cura é a principal causa de hospitalização das crianças nos países desenvolvidos. Apesar dos avanços na medicina, prevê-se que o número de pessoas com asma aumente de forma significativa nos próximos anos.

A morte pode ser uma das consequências da asma, mas apenas em casos extremos onde não há acompanhamento do doente nem se cumpre com a medicação.

UMA MÃE QUE ENCONTROU INSPIRAÇÃO NA ASMA DA FILHA

Sílvia Rocha, professora da Universidade de Aveiro, descobriu em 2006 que a filha, na altura com sete anos, tinha asma. "Teve um conjunto de infeções. Foi parar ao hospital e os testes médicos acabaram por lhe diagnosticar asma."

Com os problemas respiratórios a antever "prognósticos bem mais complicados", Sílvia Rocha reagiu com "calma e serenidade" à identificação da doença crónica. A mãe admite, no entanto, que pouco conhecia sobre a doença.

Numa altura da sua vida em que sente "necessidade de partilhar" o que sabe "com os outros", Sílvia Rocha decidiu escrever o ‘Descomplicar a Asma', um livro onde explica a pais e filhos como lidar com a doença da melhor forma.

CLIQUE NA IMAGEM E VEJA ALGUMAS DAS ILUSTRAÇÕES DO LIVRO 'DESCOMPLICAR A ASMA'

"Espero que chegue a muitas pessoas que precisam dele. Na altura em que se descobriu que a minha filha tinha asma dava jeito. É fundamental conhecer bem a doença e o que pode desencadear crises", explicou Sílvia Rocha em declarações ao CM.

Inspirados pelo ‘Descomplicar a Asma', vamos deixar-lhe aqui alguns conselhos para lidar com a doença.

DEZ CONSELHOS PARA QUEM TEM ASMA E PARA QUEM VIVE COM ASMÁTICOS

1) Arejar e lavar com frequência almofadas, colchões, cortinados, sofás, tapetes peludos, livros e peluches. Estas práticas evitam o contacto com ácaros, organismos microscópicos que se encontram em diversos locais da casa;

 2) Não passar muito tempo em contacto com árvores e plantas. Os pólenes destes seres vivos são uma das causas mais habituais de alergias e crises de asma;

3) Não ter como animais de estimação gatos, cães e roedores. Os pelos potenciam alergias;

4) Ter cuidado quando bebe leite ou come ovos, peixe, frutos secos e marisco. Este tipo de alimentos provocam crises de asma graves em algumas pessoas;

5) Evitar tomar aspirina e antibióticos como a penicilina e alguns anti-inflamatórios não esteróides;

6) Controlar a prática de exercício físico, mas não deixar de praticar. O desporto é fundamental para uma vida saudável;

7) Evitar perturbações emocionais. A asma é agravada pela ansiedade e tensão nervosa;

8) Ter cuidado redobrado quando se sofre de infeções das vias respiratórias ou constipações. Contaminações por vírus ou bactérias afetam as vias aéreas;

9) Não frequentar os mesmos locais que os fumadores. O fumo do tabaco irrita as vias respiratórias e aumenta sintomas de asma;

10) Evitar locais onde se utilizam materiais de limpeza químicos ou ambientadores e zonas com elevada poluição provocada pela construção de edifícios, transportes ou atividades agrícolas.

O QUE FAZER DURANTE ATAQUE DE ASMA

1) Sentar a pessoa em posição vertical, tranquilizá-la. Nunca deixe a pessoa sozinha durante uma crise de asma;

2) Aplicar o medicamento que o asmático costuma tomar;

3) Caso a pessoa não melhore após a medicação, chame uma ambulância.

BILHETE DE IDENTIDADE DO LIVRO

Título: ‘Descomplicar a Asma'
Autores: Sílvia M. Rocha, Ricardo G. Dias e André Moreira
Sinopse: Dois pais de meninas com asma querem partilhar com outros pais, professores ou outros educadores, o seu conhecimento e experiência sobre a asma.
Páginas: 174
Ano: 2013
Editor: Universidade de Aveiro - Theoria Poiesis Praxis
ISBN: 9789727893638
Preço: 11 euros na Universidade de Aveiro

CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA ALGUNS FAMOSOS QUE SOFREM COM ASMA

VEJA O VÍDEO DA ASSOCIAÇÃO NORTE-AMERICANA DOS ASMÁTICOS (EM INGLÊS, NÃO LEGENDADO)

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
11 Comentários
  • De Matos11.02.14
    Espero que ajude
    Responder
     
     0
    !
  • De Joaquim Costa09.02.14
    É bom, mesmo fora de crise criar o hábito de fazer alguns exercícios de ginástica respiratória para abrir os pulmões e as vias respiratórias, mas sem se cansar!Bastam uns 20 minutos por dia.
    Responder
     
     0
    !
  • De nara05.02.14
    Convivo com asma a exatamente vinte e oito anos e ainda não me acustumei com fato de quase todo mês ter uma crise.Odeio essa doença que não tem cura.
    Responder
     
     0
    !
  • De maria de fátima08.11.13
    bom texto
    Responder
     
     0
    !
  • De luis08.10.13
    Ninguém fala da vacina porque ... é homeopática e não dá viagens. Experimentem a vacina e logo veem o resultado ao fim de 6 meses. Depois são mais dois anos e o mundo parece outro.
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub