Greve fecha tribunais de norte a sul do País

Sindicato aponta 80% de adesão no segundo dia de paralisação.
Por Francisca Genésio|03.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O segundo de três dias de greve dos funcionários judiciais, cumprido esta segunda-feira, fechou tribunais de norte a sul do País e adiou "inúmeras diligências". Em causa está a revisão estatuária, aposentação e contagem do tempo de carreira dos funcionários judiciais.

Ao CM, o presidente do Sindicato dos Funcionários Judiciais, Fernando Jorge, revelou que a "adesão rondou os 80%, embora os profissionais tenham assegurado os serviços mínimos".

Segundo o dirigente, foi no Algarve e nas Regiões Autónomas que a paralisação teve maior expressão. O impacto foi também significativo "na zona Norte, com os tribunais de Viana do Castelo, Barcelos e Espinho a registarem uma adesão de quase 100%". O segundo dia de greve ficou também marcado por um protesto que juntou cerca de duas centenas de funcionários judiciais junto ao Campus da Justiça, em Lisboa.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!