Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Açores adotam uso obrigatório de máscara devido ao coronavírus

Região Autónoma era a única do país onde não vigorava a obrigatoriedade do uso por parte dos cidadãos.
Lusa 3 de Maio de 2020 às 20:22
Máscaras
Máscaras FOTO: Getty
O responsável pela Autoridade de Saúde nos Açores, Tiago Lopes anunciou este domingo que o uso de máscara será obrigatório no arquipélago a partir de segunda-feira, no âmbito das medidas de proteção por causa da covid-19.

Os Açores juntam-se assim ao resto do país, onde a decisão já havia sido tomada pelos governos nacional e da Madeira.

No habitual 'briefing' sobre o ponto de situação da pandemia, Tiago Lopes explicou que a decisão foi tomada porque, "da parte da população, já existe mais à vontade na circulação na via pública", sendo "percetível que o distanciamento físico diminuiu de forma significativa na região", o que "é compreensível mas não, de todo, aceitável".

O responsável falava em Angra do Heroísmo, num dia em que não se registaram casos novos de infeção por covid-19.

Considerando que o uso obrigatório das máscaras "ficaria sempre sujeito às atitudes e comportamentos por parte dos cidadãos ao longo dos dias e do acompanhamento que ia ser feito da evolução do surto", e sendo "percetível que o distanciamento físico poderá não ser cumprido", o responsável declarou que "é, de todo, recomendável a introdução da obrigatoriedade do uso de máscaras de uso comunitário e social na região".

Nos Açores, tanto as ordens dos médicos e enfermeiros, bem como os diferentes partidos, têm vindo a reivindicar a introdução do uso obrigatório de máscaras, mas o Governo Regional apenas as recomendou.

A Região Autónoma dos Açores era a única do país onde não vigorava a obrigatoriedade do uso de máscara por parte dos cidadãos.

A utilização de máscaras começa a ser obrigatória na Madeira já a partir da próxima segunda-feira, no interior de todos os espaços comerciais, serviços públicos e transportes coletivos.

A medida, anunciada na quinta-feira pelo presidente do Governo Regional madeirense, Miguel Albuquerque, abrange tanto funcionários como clientes e surge no contexto de retoma das atividades económicas.

O primeiro-ministro, António Costa afirmou, entretanto, na quinta-feira que também no continente vai ser obrigatório o uso de máscaras comunitárias em espaços onde exista maior concentração de pessoas, como os transportes públicos, os estabelecimentos comerciais e as escolas.

Exemplificando com uma reportagem da RTP/Açores, Tiago Lopes disse que foi evidente o comportamento das pessoas num mercado "bastante conhecido" de Ponta Delgada e defendeu que "não se podendo deitar tudo a perder", até porque, "na via pública, já são visíveis os pequenos ajuntamentos de pessoas".

O responsável admitiu ainda a possibilidade de existirem coimas para quem não use a máscara obrigatoriamente para "salvaguardar a saúde pública".

Questionado sobre a ausência das máscaras que o Governo dos Açores prometeu começar a distribuir pelos lares açorianos há duas semanas, referiu que a Autoridade de Saúde tem sido confrontada com "alguns constrangimentos".

"O mercado tem alguma quantidade disponível e as produzidas na região também começam a ser distribuídas. E vou ser muito sincero: não existindo quantidades suficientes de máscaras, se calhar, por esta via consegue-se restringir a circulação na via pública", declarou Tiago Lopes.

Os Açores não registaram nas últimas 24 horas casos novos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, tendo a assinalar quatro casos de recuperação de mulheres com idades compreendidas entre os 28 e os 58 anos, todas residentes na ilha de São Miguel.

Até ao momento, já foram detetados na região um total de 143 casos, verificando-se 53 recuperados, 14 óbitos e 76 casos positivos ativos, sendo 58 em São Miguel, dois na ilha Terceira, quatro na Graciosa, dois em São Jorge, cinco no Pico e cinco no Faial.

Portugal contabiliza 1.043 mortos associados à covid-19 em 25.282 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde divulgado este domingo.

Relativamente a sábado, há mais 20 mortos (+2%) e mais 92 casos de infeção (+0,4%).

Das pessoas infetadas, 856 estão hospitalizadas, das quais 144 em unidades de cuidados intensivos, e o número de casos recuperados passou de 1.671 para 1.689.

Mais informação sobre coronavírus AQUI.

MAPA da situação em Portugal e no Mundo.

SAIBA como colocar e retirar máscara e luvas.

APRENDA a fazer a sua máscara em casa.

CUIDADOS a ter quando recebe uma encomenda em casa.

DÚVIDAS sobre coronavírus respondidas por um médico

Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)