Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Inscrições de desempregados atingem mínimo de 16 anos

Número registado nos centros de emprego baixou em junho 20,5% relativamente ao mesmo mês de 2017.
Lusa 19 de Julho de 2018 às 16:41
Centro de Emprego do IEFP
Centro de Emprego do IEFP
Centro de emprego
Centro de Emprego do IEFP
Centro de Emprego do IEFP
Centro de emprego
Centro de Emprego do IEFP
Centro de Emprego do IEFP
Centro de emprego

O número de desempregados registados nos centros de emprego baixou em junho 20,5% relativamente ao mesmo mês de 2017, para 332,4 mil pessoas, o número mais baixo dos últimos 16 anos, divulgou esta quinta-feira o Ministério do Trabalho.

De acordo com um comunicado do Ministério do Trabalho, a diminuição homóloga de 20,5% foi a maior registada desde 1989 e corresponde a um decréscimo de 85,8 mil desempregados.

Comparando com o mês de maio, o desemprego desceu 5,1%, o que corresponde a menos 17,8 mil pessoas inscritas nos centros de emprego do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

O número de desempregados jovens baixou para 31,5 mil pessoas, com um decréscimo homólogo de 29,0% (menos 12,9 mil pessoas) e uma diminuição em cadeia de 10,1% (menos 3,5 mil pessoas), representando em junho 9,5% do desemprego registado (abaixo dos 10,6% do mesmo mês do ano passado).

O desemprego de longa duração teve uma redução homóloga de 23,6%, baixou para 162,8 mil pessoas, menos 50,2 mil pessoas, e teve um decréscimo de 5,6% face ao mês de maio (menos 9,7 mil pessoas).

Segundo o Ministério do Trabalho, desde o início da legislatura, mais de 222 mil pessoas saíram do desemprego (40%), sendo que mais de 97 mil eram desempregados de longa duração (37%) e quase 38 mil eram jovens desempregados (54%).

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)