Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Estudo revela o que excita as mulheres

Cientistas canadianos testaram a resposta a diferentes tipos de estimulação sexual para determinar quais os gestos mais eficazes.
17 de Maio de 2014 às 14:48
As mulheres são especialmente sensívei à vibração na zona do clitóris
As mulheres são especialmente sensívei à vibração na zona do clitóris FOTO: Jupiter Images

Um estudo da Universidade do Québec, no Canadá, identificou a áreas do corpo feminino mais sensíveis ao estímulo sexual. Partindo da avaliação das reações de 30 mulheres entre 18 e 35 anos a diferentes tipos de estimulação, os peritos identificaram quais os gestos mais eficazes.

Os investigadores de Montreal pediram às mulheres que se despissem e se deitassem numa cama. Depois, usando “instrumentos científicos”, verificaram a reação a três tipos de toque: vibração, pressão e toque leve. As zonas do corpo estimuladas foram o períneo (clitóris, lábio vaginal e as margens vaginal e anal); o peito (mamilo, auréola e lateral); o pescoço, o antebraço e o abdómen.

O estudo permitiu distinguir quais os gestos mais eficazes para estimular as diferentes parte da anatomia feminina:

Toque ligeiro: Especialmente estimulante no pescoço, antebraço e na margem vaginal (a extremidade da vagina mais perto do ânus. A auréola da mama é menos sensível ao toque

Pressão: O clitóris e o mamilo são os órgãos mais sensíveis a este gesto. Os que menos reagem a este tipo de estímulo são o abdómen e a parte lateral da mama

Vibração: O clitóris é a zona mais sensível do corpo a este estímulo, também eficaz no mamilo

O estudo, publicado na publicação científica ‘Journal of Sexual Medicine’ defende que “estes dados podem indicar padrões para lidar com condições clínicas, como o envelhecimento, cirurgias genitais ou mamárias e condições patológicas que afetem os órgãos genitais e a função sexual”

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)