Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Empresa dona do Estoril no centro do escândalo

O dono do grupo Traffic é um dos envolvidos.
28 de Maio de 2015 às 00:03
José Hawilla, dono da Traffic, aceitou colaborar com a justiça norte-americana na investigação
José Hawilla, dono da Traffic, aceitou colaborar com a justiça norte-americana na investigação FOTO: Nacho Doce/Reuters

A empresa brasileira de marketing desportivo Traffic, proprietária do Estoril-Praia, organizadora da Copa América e detentora de direitos televisivos em muitos campeonatos, está no centro do escândalo de corrupção da FIFA.

O dono do grupo Traffic, o brasileiro José Hawilla, é um dos envolvidos que aceitou colaborar com a justiça norte-americana na investigação sobre fraude, lavagem de dinheiro e corrupção nos últimos 24 anos, durante os quais, segundo as autoridades, foram pagos pelo menos 151 milhões de dólares em subornos (cerca de 140 milhões de euros.

Hawilla admitiu as acusações de fraude eletrónica, lavagem de dinheiro e obstrução à justiça pela sua implicação no caso e aceitou devolver 151 milhões de dólares através da Tusa, braço da Traffic nos Estados Unidos, onde foi desencadeada a investigação que levou à detenção de sete dirigentes ou ex-dirigentes da FIFA na Suíça.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)