Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Folclore português é património histórico e cultural imaterial do Rio de Janeiro

Consagração passa por tentar "preservar a cultura e a memória portuguesa", naquele estado brasileiro.
Lusa 23 de Abril de 2019 às 13:23
Ritmos, folclore, Tavira
João Valdemar, surdo, de 47 anos, com duas colegas do grupo etnográfico
A Praça da República, em Elvas, no distrito de Portalegre, vai ser o palco para o evento
Ritmos, folclore, Tavira
João Valdemar, surdo, de 47 anos, com duas colegas do grupo etnográfico
A Praça da República, em Elvas, no distrito de Portalegre, vai ser o palco para o evento
Ritmos, folclore, Tavira
João Valdemar, surdo, de 47 anos, com duas colegas do grupo etnográfico
A Praça da República, em Elvas, no distrito de Portalegre, vai ser o palco para o evento

O folclore português "e todas as suas manifestações artísticas" foram declarados património histórico e cultural imaterial do estado do Rio de Janeiro, no Brasil, com vista à preservação da cultura e da memória portuguesa.

Segundo informação disponível no 'site' oficial da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, "o Folclore Português, e todas as suas manifestações artísticas, como o fandango, a dança de roda, a valsa de dois passos, a chotiça, o corridinho, o vira, o verde-gaio e todas as demais manifestações artísticas de domínio público", foram declarados "património histórico e cultural, de natureza imaterial, do Estado do Rio de Janeiro".

O objetivo, lê-se no 'site', é "preservar a cultura e a memória portuguesa", naquele estado brasileiro.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)