Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Israel aplaude muro de Trump

O primeiro-ministro israelita considera que muro entre EUA e México é uma "grande ideia".
28 de Janeiro de 2017 às 21:52
Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel
Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel
Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel
Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel
Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel
Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel
Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel
Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel
Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel
O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou hoje que apoia a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de construção de um muro na fronteira com o México.

"O presidente Trump está certo. Eu construí um muro ao longo da fronteira sul de Israel. Parou toda a imigração ilegal. Grande sucesso. Grande ideia", escreveu o político de forma telegráfica na rede social Twitter, adicionando as bandeiras de Israel e dos Estados Unidos.

Donald Trump assinou na quarta-feira um decreto para o início da construção de um muro ao longo da fronteira entre os Estados Unidos e o México -- que tem uma extensão total de cerca de 3.000 quilómetros -- para travar a entrada de imigrantes ilegais no território norte-americano.

O magnata deu assim o primeiro passo para concretizar uma das mais polémicas promessas da campanha eleitoral para as presidenciais.

"O muro é necessário porque o povo quer proteção e o muro protege. Basta perguntar a Israel. Tinham um absoluto desastre atravessando para o outro lado", afirmou Donald Trump na quinta-feira, numa conversa com um apresentador do canal conservador Fox News.

O Presidente dos Estados Unidos planeia financiar a construção do muro impondo um imposto de 20 por cento sobre todos os bens provenientes daquele país.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)