Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Os relatos impressionantes de quem acordou durante uma cirurgia

Estima-se que, a cada 19 mil cirurgias, uma pessoa acorda a meio do processo.
21 de Março de 2019 às 18:40
Estudo avança que 5% das pessoas sujeitas a uma cirurgia acordam durante a operação
Estudo avança que 5% das pessoas sujeitas a uma cirurgia acordam durante a operação
Estudo avança que 5% das pessoas sujeitas a uma cirurgia acordam durante a operação
Estudo avança que 5% das pessoas sujeitas a uma cirurgia acordam durante a operação
Estudo avança que 5% das pessoas sujeitas a uma cirurgia acordam durante a operação
Estudo avança que 5% das pessoas sujeitas a uma cirurgia acordam durante a operação
Acordar a meio de uma intervenção cirúrgica é, talvez, um dos maiores medos de quem tem de se submeter a uma anestesia geral. Apesar de os casos serem raros, acontece mesmo haver pacientes a despertar na hora errada.

Donna Penner, uma mulher canadiana de 55 anos, ainda guarda as memórias do momento aterrorizante por que passou. A mulher foi sujeita a uma operação ao abdómen, mas durante a operação, por motivos ainda desconhecidos, a anestesia geral falhou. A mulher acordou no momento em que lhe faziam a primeira incisão.

Aquele dia nunca mais será esquecido por Donna. Com o corpo imóvel e paralizado, sob o efeito da anestesia, não conseguiu pedir ajuda enquanto vivia o momento de agonia. Em entrevista a
o canal BBC, Donna descreveu a dor que sentiu como "horrível". 

"Eu não conseguia abrir os olhos, a primeira coisa que tentei fazer foi sentar-me, mas não me conseguia mexer! Parecia que alguém estava sentado em cima de mim. Eu senti os cirurgiões a mexerem-me nos orgãos", relata, sobre o caso que aconteceu em 2008.

De acordo com a Associação de Anestesistas da Grã-Bretanha e Irlanda são relatados cerca de um em cada 19 mil casos de pessoas que acordam durante a cirurgia. O estudo revela ainda que a probabilidade de acordar é maior durante uma cesariana e uma intervenção médica cardiotorácica.

Num outro estudo produzido pelo Registo de Consciencialização para Anestesias da Universidade de Washington, nos EUA, muitos pacientes contactados afirmaram que ouviram vozes e ruídos enquanto estavam sob o efeito da anestesia. 

"Eu ouvi um tipo de música e tentei entender o motivo do meu cirurgião ter escolhido aquela canção", contou um dos participants no estudo. "Ouvi várias vozes à minha volta que pareciam estar em pânico. Ouvi dizerem que me estavam a perder", relevou outro dos inquiridos.

Mais de 70% dos questionados revelaram ter sentido dor, "eu senti um furo e uma sensação de queimadura em quatro incisões, como se uma faca cortasse um dedo", descreve um dos pacientes. 

Donna Penner Anestesias da Universidade EUA cirurgião saúde pessoas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)