Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Pedida demissão de ministro da Educação devido à falta de 167 professores em Sintra

Lusa 10 de Outubro de 2014 às 14:16

O presidente da Câmara de Sintra, Basílio Horta (PS), considerou hoje que o ministro da Educação já devia ter abandonado o cargo, perante a falta de colocação de 167 professores no município.

O presidente da autarquia pediu uma reunião ao ministro Nuno Crato, mas ainda não teve qualquer resposta, admitindo que "se estivesse no lugar dele, já lá não estava sentado".

O atraso nas colocações e a anulação dos concursos é um problema "demasiado grave" e o ministro "devia regressar ao ensino e ser colocado de maneira definitiva, para que não aconteça o que está a acontecer aos outros", ironizou Basílio Horta.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)