Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

PSP em campanha contra venda de louro prensado na Baixa de Lisboa

Lusa 4 de Abril de 2017 às 14:40

O problema está identificado, os 'dealers' que vendem louro prensado fingindo ser haxixe na Baixa de Lisboa também, mas a PSP pouco pode fazer porque se trata apenas de venda ambulante ilegal e não de droga, que constituiria crime.

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP e a Junta de Freguesia de Santa Maria Maior "manifestaram-se" hoje, numa iniciativa "inédita a nível nacional", de forma a chamar a atenção da população e dos turistas para a venda de louro prensado na Baixa da cidade de Lisboa.

O superintendente Paulo Flor, comandante da esquadra da 1.ª divisão da PSP, explicou aos jornalistas que "80 por cento da venda ambulante na Baixa de Lisboa é venda de louro prensado e chá de malvas", tratando-se de uma venda ilegal, "que não está tipificada nos editais da câmara para ser viável".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)