Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Atriz brasileira Cissa Guimarães leva sucesso pelo País

Águeda é o ponto de partida para a digressão de ‘Doidas e Santas’, que chegará ao Porto.
Ana Maria Ribeiro 15 de Abril de 2019 às 01:30
Em cena, Cissa Guimarães dá corpo a uma terapeuta em crise existencial (na foto com o ator Giuseppe Oristanio)
Teatro Tivoli, em Lisboa
Teatro Sá da Bandeira, no Porto
Em cena, Cissa Guimarães dá corpo a uma terapeuta em crise existencial (na foto com o ator Giuseppe Oristanio)
Teatro Tivoli, em Lisboa
Teatro Sá da Bandeira, no Porto
Em cena, Cissa Guimarães dá corpo a uma terapeuta em crise existencial (na foto com o ator Giuseppe Oristanio)
Teatro Tivoli, em Lisboa
Teatro Sá da Bandeira, no Porto
A brasileira Cissa Guimarães está em Portugal com o megassucesso ‘Doidas e Santas’, espetáculo que já leva dez anos de carreira no Brasil e que depois de encher o Teatro Tivoli, em Lisboa, começa na quinta-feira, no Centro das Artes de Águeda, um périplo nacional que se estende também à Póvoa de Varzim (dias 27 e 28) e ao Porto (estará de 2 a 5 de maio, no Teatro Sá da Bandeira).

A atriz diz-se "surpreendida" e "muita grata" com a receção que tem tido.

"É a primeira vez que estou em Portugal com uma peça de teatro e sinceramente não contava com este entusiasmo. As pessoas usam as redes sociais para me dizer o quanto gostaram do espetáculo e há gente que me diz que já reservou bilhete no Porto! É incrível", diz Cissa Guimarães, que, para vir ao nosso país, deixou temporariamente o programa de televisão ‘É de Casa’, entregue ao português Ricardo Pereira.

"O programa está em boas mãos. O Ricardo já é um membro da família da TV Globo", diz.

A peça, escrita por Regiana Antonini a partir do livro de Martha Medeiros, conta a história de uma terapeuta em crise existencial.

Aparentemente uma mulher de sucesso, a gerir carreira e família, apercebe-se, a certa altura, de que não está feliz. E toma uma decisão radical.

"Diria que a peça é uma comédia romântica, com emoção e reflexão. Não há uma pessoa que veja o espetáculo e que não se identifique com alguma das personagens. É isso que justifica o sucesso", conclui a atriz.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)