Diva do fado lembrada

Amália, sempre Amália. Imagens de arquivo da diva não pararam de desfilar no ecrã, decorando, da melhor forma, o Coliseu dos Recreios para a quinta edição da Gala Amália, que ontem se realizou por iniciativa da Fundação Amália e da Música no Coração.
05.11.10
  • partilhe
  • 0
  • +
Diva do fado lembrada
Ana Sofia Varela foi a primeira a cantar para uma casa cheia Foto Vasco Neves

Contando com vários grandes nomes da canção tradicional lisboeta, a festa abriu com a voz de Ana Sofia Varela, vencedora do prémio de Melhor Álbum do Ano, que cantou três fados.

Outros dos contemplados com troféus foram Bernardo Sassetti (Prémio Música Popular), Joana Costa (Prémio Revelação), Custódio Castelo (Melhor Instrumentista) ou a maestrina Joana Carneiro (Prémio Música Erudita).

Aguardadas eram, à hora de fecho desta edição, as prestações de Katia Guerreiro, distinguida com o prémio de Melhor Intérprete, e de Ada de Castro, a veterana que, merecidamente, recebeu o Prémio de Carreira de 2010 por 50 anos de vida dedicados ao fado. Em noite de homenagem, Ada anunciou que actuou pela última vez, sendo aplaudida de pé por uma plateia bem composta.

Apresentado por João Baião, o espectáculo foi gravado pela RTP, que o vai exibir em data a anunciar. No júri deste ano, pontuavam os nomes do musicólogo Rui Vieira Nery, do jornalista Nuno Lopes e do guitarrista José Pracana.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!