Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Feira ‘guarda’ dez milhões em joias

Feira de ourivesaria e joalharia inicia na Exponor.
Manuel Jorge Bento 29 de Setembro de 2016 às 21:46
Início dos preparativos para a exposição Porto Jóia 2016, na Exponor em Matosinhos.
Início dos preparativos para a exposição Porto Jóia 2016, na Exponor em Matosinhos. FOTO: Ricardo Pereira
Um anel de ouro e diamantes que custa sete mil euros e uma réplica da torre Eiffel em filigrana à venda por mais de 60 mil euros são apenas algumas das peças valiosas que estarão em exposição, de hoje a domingo, na PortoJóia, na Exponor, em Leça da Palmeira, Matosinhos.

Os milhares de artigos presentes na feira de ourivesaria, joalharia e relojoaria têm um valor global estimado de mais de 10 milhões de euros.

"Temos peças desde 100 a 150 euros, até outras de alta joalharia que custam 7, 9 ou até 12 mil euros", refere Eugénio Campos, um dos 150 expositores.

O valor dos artigos em montra e armazenados leva a reforçar as medidas de segurança. "Temos uma forte equipa de policiamento, segurança privada e um sistema de videovigilância. Não entrará ninguém sem ser filmado e identificado", garante Amélia Monteiro, diretora da PortoJóia.
Leça da Palmeira Eugénio Campos Amélia Monteiro segurança polícia feira joias
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)