GNR esperam casa cheia nos coliseus

Baixista Jorge Romão perspetiva dois concertos intensos.
Por Pedro Rodrigues Santos|23.10.15
  • partilhe
  • 0
  • +
GNR esperam casa cheia nos coliseus
Jorge Romão, Rui Reininho e Toli César Machado Foto Alexandre Azevedo
"Esperamos que ainda haja pessoas com vontade de ver os GNR ao vivo." É em tom de brincadeira que Jorge Romão revela a satisfação dos autores de ‘Dunas’ por regressarem esta sexta-feira à noite, às 22h00, ao Coliseu do Porto. "Não é a primeira vez que fazemos esta sala, mas, ao fim de tantos anos na estrada, mantemos o mesmo entusiasmo como se fosse a nossa primeira vez", afirma o baixista do grupo. Numa altura em que a nova música portuguesa revela um enorme dinamismo, a banda está longe de atirar a toalha ao chão "É isso que nos faz lutar, senão já tínhamos desistido e ficado no sofá a fazer tricô."

O alinhamento que estão a preparar irá apoiar-se no álbum ‘Caixa Negra’, de 2015, mas não serão esquecidos os sucessos de sempre. "Vamos recuperar canções do ‘Psicopátria’ (1986) e do ‘Defeitos Especiais’ (1984), que deixámos de tocar há muito tempo, mas que os fãs dos GNR irão gostar de ouvir", indica. Como convidados especiais, Tim e Rita Redshoes irão subir ao palco para acompanhar o trio em versões que prometem surpreender.

Sábado, dia 31, é a vez de os fãs lisboetas poderem ver os GNR, às 22h00, no Coliseu dos Recreios. O preço dos bilhetes para o Porto varia entre os 15 e os 27,50 euros. Em Lisboa, a entrada custa 22,50 euros.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!