Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Kodi Lee, o cantor cego e autista que venceu o "America’s Got Talent"

Nasceu cego e descobriu que era autista com apenas quatro anos. Venceu o programa de talentos “America’s Got Talent”.
SÁBADO 20 de Setembro de 2019 às 13:05
Kodi Lee
Kodi Lee, o cantor cego e autista que venceu o 'America’s Got Talent'
Kodi Lee, o cantor cego e autista que venceu o 'America’s Got Talent'
Kodi Lee, o cantor cego e autista que venceu o 'America’s Got Talent'
Kodi Lee
Kodi Lee, o cantor cego e autista que venceu o 'America’s Got Talent'
Kodi Lee, o cantor cego e autista que venceu o 'America’s Got Talent'
Kodi Lee, o cantor cego e autista que venceu o 'America’s Got Talent'
Kodi Lee
Kodi Lee, o cantor cego e autista que venceu o 'America’s Got Talent'
Kodi Lee, o cantor cego e autista que venceu o 'America’s Got Talent'
Kodi Lee, o cantor cego e autista que venceu o 'America’s Got Talent'

Kodi Lee, de 22 anos, é cego e autista e emocionou o mundo depois da sua participação na 14ª temporada do programa de talentos "America’s Got Talent". O jovem passou diretamente às galas gravadas ao vivo depois da atriz e jurada Gabrielle Union tocar na "campainha dourada".

O jovem nasceu com hipoplasia do nervo ótico – tornando-o cego - e aos cinco anos, sobreviveu a uma cirurgia. Aos quatro anos de idade descobriram que também sofria de autismo, com uma habilidade especial para a música. O dom de Kodi está na expressão musical, no tom perfeito e na paixão por todos os géneros musicais. O artista também tem uma memória sonora que lhe permite lembrar-se de todas as músicas que ouve.

Kodi dá concertos há alguns anos, em que também mostra o seu talento no piano. Recentemente foi convidado para dar um concerto no Carnegie Hall, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Agora está à procura de novos talentos e começou a fazer sapateado.  A história do músico já foi contada em inúmeras reportagens televisivas e documentários – como nos jornais norte-americanos Orange County Register e LA Times. Kodi também ajuda a consciencializar as populações sobre o autismo e trabalha com várias organizações de caridade.

A fama internacional do cantor começou quando entrou em palco apoiado numa bengala e com a ajuda da mãe, nas audições do programa de talentos. Tina Lee, a mãe de Kodi, explicou à plateia que apesar dos seus problemas, a vida do jovem mudou quando ouviu música pela primeira vez: "Abriu muito os olhos e começou a cantar. Percebi que ele é um performer. Através da música e das suas atuações, conseguiu resistir e viver neste mundo. Tocar música salvou-lhe a vida".  

Após semanas de competição, Kodi venceu a 14ª temporada do "America's Got Talent", que foi para o ar esta quarta-feira. O cantor leva para casa um milhão de dólares (cerca de 904 mil euros) e vai fazer espectáculos, de 7 a 10 de novembro, no Paris Las Vegas Hotel & Casino nos Estados Unidos.

Na noite de encerramento do programa, Kodi cantou "You Are the Reason", de Calum Scott, com a cantora Leona Lewis. A mãe disse à revista norte-americana PEOPLE: "Sinto-me aliviada por não ser a única que viu essa habilidade extraordinária. Ele tem um talento real, e sempre soube que ele era um talento real".

Kodi Lee Gabrielle Union America’s Got Talent America’s Got Talent música cultura (geral)
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)