Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Ricardo Araújo Pereira à conversa com membro dos Monty Python em Viseu

Michael Palin vai estar com o humorista português no festival Tinto no Branco.
28 de Novembro de 2017 às 11:00
Michael Palin, ator e fundador dos Monty Python
Humorista Ricardo Araújo Pereira
Michael Palin, ator e fundador dos Monty Python
Humorista Ricardo Araújo Pereira
Michael Palin, ator e fundador dos Monty Python
Humorista Ricardo Araújo Pereira
O comediante e ator britânico Michael Palin, consagrado nos Monty Python e agora mais focado em relatos de viagens, abre na sexta-feira em Viseu o festival literário Tinto no Branco numa conversa com o português Ricardo Araújo Pereira.

A iniciativa, porventura a mais esperada do evento organizado pelo Município de Viseu e pela Viseu Marca, tem início às 18h00, na Tenda Jardins de Inverno, uma hora e meia depois da abertura oficial do festival, que acontece às 17h30, nos Jardins do Solar do Vinho do Dão, com uma encenação do Teatro AFTA - Projeto Off, além de um brinde ao Dão.

Palin será o terceiro membro dos Monty Python com quem Ricardo Araújo Pereira dialoga em público, depois de, em 2007, ter entrevistado Terry Jones e, em 2015, ter escrito o prefácio da edição portuguesa da autobiografia de John Cleese, que entrevistou para a revista Visão.

De acordo com o presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, esta é a melhor edição do festival literário Tinto no Branco, que serve para reforçar Viseu enquanto "cidade cultural e de destino vinhateiro".

A terceira edição da iniciativa decorre até domingo, integrada no salão "Vinhos de Inverno".

Ao todo, a cidade de Viseu irá receber 30 convidados, em 30 momentos de programação, ao longo de mais de 50 horas, que incluem conversas literárias, exposições, performances e visitas guiadas, para além de ateliês infantis.

No leque de convidados figuram Pedro Mexia, Francisco Viegas, Frei Bento Rodrigues, Nuno Júdice, Afonso Cruz, Daniel Oliveira ou Fernando Dacosta.

No sábado, por exemplo, Manuel Alberto Valente e Afonso Cruz, com moderação de Hélder Gomes, conversam sobre o "Vinhos vs. Cerveja", ou o dia em que o Tinto no Branco foi desafiado diretamente, e Carlos Fiolhais e Frei Bento Domingues discutem "Ciência vs. Religião", sob a atenção e perguntas de Jorge Sobrado.

Ainda no sábado, Fernando Dacosta e Raquel Varela falam sobre "Ócio vs. Trabalho", com moderação de Hélder Gomes.

No domingo, Pedro Mexia tem uma "conversa de vida", com moderação de Tito Couto, e Daniel Oliveira e Rodrigo Moita de Deus debatem "República vs. Monarquia".

Nuno Júdice e Filipa Melo abordam a "Poesia e Prosa", e Francisco José Viegas e Isabel Lucas discutem o "Campo e a Cidade".

Ao longo dos dias, o Solar do Vinho do Dão acolherá um salão de provas de vinhos dos produtores da região do Dão, com a gastronomia a ter também lugar de destaque, pela mão do 'chef' Luís Almeida.

A música também marcará presença, com o português Benjamim, Virgem Suta, Francisco Cappelle, Adfectus, Tempo Singular e ainda os DJ Gryzler e António Arede.

Segundo o vereador da Cultura, Jorge Sobrado, ao longo destes dias os "30 grandes nomes da literatura, do pensamento e da cultura serão acompanhados por 30 grandes vinhos do Dão".

"Teremos em Viseu uma inédita e singular concentração de grandes nomes da literatura, grandes vinhos e alguns nomes emergentes da música. São estrelas neste firmamento que estarão no Solar do Vinho do Dão", apontou.

No seu entender, este é um 'cocktail' sedutor e atrativo, onde se juntam vinhos, literatura, conversas sabores e património.

"É uma oferta que preenche uma lacuna na área da literatura para a comunidade. É também um 'cocktail' atrativo para turistas, sem desprimor para o turismo de autocarro, mas para o turismo cultural e qualificado", concluiu.
Ricardo Araújo Pereira Monty Python Michael Palin Tinto Branco festival literário tinto no branco programa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)