Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Roger Waters vaiado em concerto no Brasil por críticas a Bolsonaro

Fãs do artista não gostaram da mensagem política apresentada no ecrã gigante.
10 de Outubro de 2018 às 12:07
Roger Waters
Roger Waters
Roger Waters prossegue a sua carreira a solo
Roger Waters ao vivo
Roger Waters
Roger Waters
Roger Waters prossegue a sua carreira a solo
Roger Waters ao vivo
Roger Waters
Roger Waters
Roger Waters prossegue a sua carreira a solo
Roger Waters ao vivo
O vocalista Roger Waters foi vaiado na passada terça-feira durante um concerto em São Paulo, no Brasil, por ter apresentado um grafismo no concerto onde mostra uma mensagem "anti-Bolsonaro" e o coloca ao lado de nomes como Le Pen, Trump ou Putin acompanhado da mensagem "neo-fascismo está a crescer".

Ver esta publicação no Instagram

Em seu show em SP, Roger Waters lista líderes mundiais neo-fascistas. Adivinha quem foi o representante da América Latina? Tristeza de ter meu país nessa lista. #rogerwaters #elenao #elenunca

Uma publicação partilhada por Aristeu Lima (@aristeu.rp.lima) a



O músico é conhecido por manter uma forte mensagem política nas imagens que passa durante os concertos e também no seu discurso durante o espetáculo.

"Prefiro estar num sítio em que o líder não acredita que a ditudura é uma coisa boa", atirou.



Roger Waters São Paulo Brasil músico
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)