Slash em noite mágica em Lisboa

Slash com Myles Kennedy & The Conspirators oferecem ontem à noite, no Campo Pequeno, uma noite demolidora de ‘hard rock’.
Por Pedro Rodrigues Santos|16.03.19
  • partilhe
  • 2
  • +

Um Campo Pequeno completamente esgotado esperou com impaciência a entrada em cena de Slash com Myles Kennedy & The Conspirators. Era o regresso do mítico guitarrista dos Guns n’Roses ao nosso país, depois da brilhante atuação do grupo, em 2017, no Passeio Marítimo de Algés.

Uma noite de ‘hard rock’ bem esgalhado, com Slash, sempre com o inconfundível chapéu de cartola na cabeça, disputar a Myles Kennedy a primazia na sala lisboeta. Se algum dos presentes pensava que o concerto seria uma versão 2.0 dos Guns n’ Rose, estavam bem enganados.

A atuação apoiou-se nos álbuns ‘Apocalyptic Love (2012), ‘World on Fire’(2014) e ‘Living the Dream’ (2018), que o guitarrista gravou com os The Conspirators. Do grupo das armas e das rosas, apenas ‘Nightrain’, para mostrar que o passado não foi renegado.

Foi uma noite de puro rock, que se prolongou bem para lá das duas horas de concerto. Slash mostrou que os seus dedos continuam a fazer magia com as cordas de uma guitarra, e o público, em deleite, manifestava-se ruidosamente a mais um solo saído da sua imaginação.

As despedidas foram mais do que efusivas na despedida, naquele que foi o último concerto da digressão europeia da banda.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!