Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Três novas reproduções nas ruas de Lisboa

Cópias de obras-primas do Museu de Arte Antiga.
12 de Dezembro de 2015 às 13:49

A exposição "ComingOut. E se o museu saísse à rua?" foi inaugurada há cerca de dois meses e meio
A exposição 'ComingOut. E se o museu saísse à rua?' foi inaugurada há cerca de dois meses e meio FOTO: João Cortesão

Três novas reproduções de obras-primas da coleção do Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), entre elas "Leda e o Cisne", de Vieira Portuense, foram colocadas nas ruas de Lisboa no âmbito da exposição "ComingOut", revelou este sábado a organização.


Fonte do gabinete de comunicação do MNAA disse à agência Lusa que os três novos quadros - réplicas sofisticadas das obras verdadeiras - já se encontram penduradas no exterior de edifícios da Travessa dos Teatros e da Rua das Taipas.


A exposição "ComingOut. E se o museu saísse à rua?" foi inaugurada há cerca de dois meses e meio com 31 quadros e perdeu entretanto 14, quase todos por furto.


O museu decidiu acrescentar três novas obras à exposição e pendurou o "Tríptico da descida da cruz", de Pieter Coecke van Aelst, na Travessa dos Teatros, e duas obras de Vieira Portuense -- "Leda e o Cisne" e "Narciso na fonte" - na Rua das Taipas.


Ainda segundo o museu, o mais recente quadro desaparecido -"David e Betsabé", de Boucher - foi encontrado caído no chão na Rua da Rosa por um cidadão que o entregou à polícia intacto.


O MNAA foi buscá-lo na última quinta-feira à esquadra da PSP do Bairro Alto, a réplica foi guardada, e não voltará a ser exposta, acrescentou a mesma fonte à Lusa

Museu Nacional de Arte Antiga MNAA
Ver comentários