D.A.M.A: "Uma identidade sonora só nossa”

D.A.M.A são a banda-sensação do momento e já figuram no top 3 nacional.
Por Rodrigo Tavares|05.12.14
  • partilhe
  • 0
  • +

Correio da Manhã – A sigla D.A.M.A significa o quê?

D.A.M.A – Significa ‘Deixa-me Aclarar-te a Mente, Amigo’, que tem muito a ver com aquilo que queremos transmitir às pessoas. Uma mensagem simples com a qual se possam identificar.

– E de que forma pretendem aclarar a mente dos amigos?

– De uma forma próxima, falando de situações e temas pelos quais nós já passámos ou que as pessoas à nossa volta já passaram. Costumamos dizer que o menos é mais, e esse é o fator-chave que faz com que as pessoas se sintam tocadas com as nossas músicas.

É fã dos D.A.M.A?

– Como definem o vosso álbum, ‘Uma questão de Princípio’?

– Procuramos ter uma identidade sonora que é só nossa. Queremos que as pessoas ouçam uma música na rádio e pensem "ah, isso é D.A.M.A de certeza". No fundo, queremos criar o nosso nicho musical.

– São tudo letras originais vossas?

– A ‘Balada do Desajeitado’ é uma versão que fizemos do tema de Sebastião Antunes dos Quadrilha. O tema ‘Popless’ é uma música dos D.A.M.A, mas em que adaptámos algumas frases dos GNR . Basicamente é o ‘Popless’ dos GNR à moda dos D.A.M.A. O resto são tudo letras nossas.

– Têm também alguns convidados especiais neste disco, correto?

– A ‘Balada do Desajeitado’ foi cantada pelo nosso grande amigo Salvador Seixas, um rapaz talentoso e com uma voz peculiar. O tema ‘Só Quero Você’ foi cantado por uma artista brasileira a partir do Rio de Janeiro, a Gabi Luthai, e ‘The Secrets in Silence’ foi composto em conjunto com a Mia Rose.

– Chegar ao Top 3 nacional era um objetivo?

– Ao compilarmos a nossa obra num disco, como é óbvio, queremos estar nos tops, mas não nos preocupamos nem trabalhamos para isso. Mas claro que ficamos orgulhosos. É bom estarmos no top, é bom sabermos que o nosso single ‘Às Vezes’ é o mais vendido do iTunes em Portugal e, por isso, ver as pessoas a vibrar quando estamos em palco ao som da nossas letras, de facto é uma sensação única.

– E têm muitos concertos agendados?

– Dezembro acho que vai ser o mês mais preenchido. Amanhã vamos estar em Moura, no dia 7 em Famalicão, no dia 13 em Leiria, a 19 em Coimbra, dia 20 em Cabeceiras de Basto e a 31, na passagem de ano, vamos estar em Albufeira.  

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!