Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Barcelona humilha Real Madrid e despede Lopetegui

Antonio Conte deverá ser o próximo treinador dos merengues.
Rafael Soares 29 de Outubro de 2018 às 08:42
Luis Suárez foi a figura do jogo ao marcar três golos frente ao Real Madrid
Real Madrid sem Ronaldo afunda na tabela classificativa após derrota em Barcelona
Real Madrid sem Ronaldo afunda na tabela classificativa após derrota em Barcelona
Real Madrid sem Ronaldo afunda na tabela classificativa após derrota em Barcelona
Real Madrid sem Ronaldo afunda na tabela classificativa após derrota em Barcelona
Luis Suárez foi a figura do jogo ao marcar três golos frente ao Real Madrid
Real Madrid sem Ronaldo afunda na tabela classificativa após derrota em Barcelona
Real Madrid sem Ronaldo afunda na tabela classificativa após derrota em Barcelona
Real Madrid sem Ronaldo afunda na tabela classificativa após derrota em Barcelona
Real Madrid sem Ronaldo afunda na tabela classificativa após derrota em Barcelona
Luis Suárez foi a figura do jogo ao marcar três golos frente ao Real Madrid
Real Madrid sem Ronaldo afunda na tabela classificativa após derrota em Barcelona
Real Madrid sem Ronaldo afunda na tabela classificativa após derrota em Barcelona
Real Madrid sem Ronaldo afunda na tabela classificativa após derrota em Barcelona
Real Madrid sem Ronaldo afunda na tabela classificativa após derrota em Barcelona
Julen Lopetegui disse que esperava "continuar a respirar" após o ‘El Clásico’, referente à 10ª jornada da Liga espanhola, mas a verdade é que o Barcelona abafou o Real Madrid, em Camp Nou, com uma goleada (5-1) que afasta o ex-treinador do FC Porto do comando dos merengues, tal como revela a imprensa espanhola.

O clube deverá oficializar a decisão ainda hoje, sendo que o substituto do espanhol, que pode encaixar 18 milhões de euros correspondentes ao valor dos três anos de contrato, será, ao que tudo indica, o italiano Antonio Conte.

Termina, assim, de forma inglória o curto ciclo do técnico, que depois da partida tinha mostrado vontade de melhorar. "Tenho forças e confiança no grupo. A equipa tem vida", garantiu.

No entanto, as forças que Lopetegui refere não vieram à tona no jogo de ontem e nem a mensagem de apoio enviada por Cristiano Ronaldo serviu de incentivo.

O português afirmou ao ‘As’ que tem "o Real Madrid no coração" e que esperava ver o seu ex-clube ser "feliz" frente ao rival, mas quem sorria ao intervalo era o Barcelona, que já vencia por 2-0, com golos de Coutinho (11’) e Luis Suárez (30’, penálti).

No segundo tempo, os visitantes reduziram por Marcelo (50’), mas a esperança foi ténue.

Já com Nélson Semedo em campo - entrou aos 69’ - a equipa da casa não acusou a ausência de Lionel Messi, por lesão, e partiu para a mão-cheia, com Suárez a chegar ao hat trick (75’ e 83’), e Arturo Vidal a carimbar o resultado final (87’), que deixa o Barcelona na liderança da prova, com 21 pontos. Já o Real é 9º, com apenas 14.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)