FPF não se opõe a efeito suspensivo de providência do Benfica contra interdição da Luz

Fonte oficial da Federação Portuguesa de Futebol diz que o organismo nestes casos não se opõe ao efeito suspensivo das providências cautelares.
Por Lusa|12.02.19
  • partilhe
  • 0
  • +

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) não se vai opor à providência cautelar que o Benfica vai apresentar no Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) contra a interditação do Estádio da Luz por quatro jogos.

Questionada pela Lusa, fonte oficial da FPF diz que o organismo nestes casos não se opõe ao efeito suspensivo das providências cautelares.

O Benfica tinha anunciado que iria apresentar uma providência cautelar contra a decisão do Conselho de Disciplina da FPF.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!