Os ausentes fizeram mesmo muita falta

Portugal perdeu ontem com a Bulgária por 1-0 e fez marcha-atrás na qualificação para a fase final do Campeonato da Europa de Sub-21, que vai disputar-se em 2009 na Suécia. Notaram-se, e muito, as ausências por lesão de Manuel da Costa, Manuel Fernandes e Vaz Tê, mais a promoção de Miguel Veloso e Nani à Selecção principal.
13.10.07
  • partilhe
  • 0
  • +
Os ausentes fizeram mesmo muita falta
Foto Aleksandar Djorovic
Uma grande penalidade escusada do central João Pedro sobre Domovchiyski e convertida pelo próprio, a dois minutos para o intervalo e numa fase em que a selecção tinha o jogo controlado, acabou por ditar o destino de um desafio muito mal perdido pela equipa de Rui Caçador. Portugal esteve bastante longe do que sabe fazer e só teve dois jogadores a destoarem da mediania: Pelé e Vieirinha. Este último foi mesmo quem mais remou contra a maré da monotonia nacional, permitindo a Mihaylov a melhor defesa de uma noite em que os jogadores portugueses correram sempre mais do que a bola e individualizaram muito as suas acções. Viu-se até algum vedetismo, misturado com estranha apatia. Na primeira parte, apenas uma oportunidade, num cabeceamento de Nuno André Coelho, pouco acima da trave, após canto de Antunes.
A equipa de Rui Caçador foi mais perigosa na segunda parte, com Vieirinha a assumir as depesas do caudal atacante. Caçador bem tentou imprimir maior velocidade e, sobretudo, ideias ao ataque, retirando os apagados João Moreira e Yannick – a crise de confiança no Sporting já alastrou à selecção –, fazendo entrar Cícero e mais tarde Hélder Barbosa. Mas o momento já era mais propício aos búlgaros, que se organizaram muito bem na defesa e até ameaçaram em contra-ataque o segundo golo. Na parte final caiu um dilúvio sobre o estádio, em Sófia, que dificultou ainda mais a tentativa de Portugal para chegar ao empate. Mas a exibição também não merecia mais.
FICHA DO JOGO
Local: Estádio Vasil Levski National (1.100 espectadores)
Árbitro: Meir Levi (Israel)
BULGÁRIA: Mihaylov, Fidanin, Bodurov, Ivanov, Bandalovski, Gadjev, Petrov (Sterokin, 75m), Bozhinov, Dimitrov (Mladenov, 90m), Popov e Domovchiyski (Kurdov, 78m). Treinador: Alexandre Stankov.
PORTUGAL: Ricardo Batista, Vasco Fernandes, Nuno André Coelho, João Pedro, Antunes, Pelé, Paulo Machado, João Coimbra (Nuno Coelho, 58m), Vieirinha, João Moreira (Cícero, 66m) e Yannick (Hélder Barbosa, 75m). Treinador: Rui Caçador.
Marcador: 1-0, Domovchiyski (43m, gp)
Acção disciplinar: Cartões amarelos - Bandalovski (18m), Petrov (72m) e Popov (86m)
Melhor jogador: Ivanov
INGLATERRA GANHA A MONTENEGRO
Um golo de Derbyshire quando estavam decorridos 20 minutos foi o suficiente para a Inglaterra garantir o triunfo sobre Montenegro e assumir a liderança do grupo.
CLASSIFICAÇÃO
1º, Inglaterra, 9 pontos / 3 jogos
2.º, Portugal, 6/3
3.º, Montenegro, 3/4
4.º, Bulgária, 3/3
5.º, Rep. Irlanda, 0/1

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!