Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Pepe e Moutinho unem-se a Buffon no pódio com 17.º jogo em Europeus

Pepe, de 38 anos, foi titular no embate realizado no Allianz Arena, enquanto Moutinho, de 34, começou o encontro no banco.
Lusa 19 de Junho de 2021 às 20:05
Pepe
Moutinho
Pepe
Moutinho
Pepe
Moutinho
Os internacionais lusos Pepe e João Moutinho juntaram-se hoje ao lendário guarda-redes italiano Gianluigi Buffon no último lugar do pódio dos futebolistas com mais jogos em fases finais do Europeu, ao somarem o 17.º jogo face à Alemanha.

Pepe, de 38 anos, foi titular no embate realizado no Allianz Arena, enquanto Moutinho, de 34, começou o encontro no banco, entrando aos 64 minutos, para o lugar de Bruno Fernandes, com Portugal já a perder por 4-1.

A formação das 'quinas' acabou por ceder por 4-2, apesar de Cristiano Ronaldo ter inaugurado o marcador, num jogo em que somou o 23.º jogo em fases finais do Europeu, cimentando a liderança neste 'ranking'.

Os dois jogadores -- que, ao contrário de Ronaldo, não estiveram no Euro2004, realizado em Portugal - estrearam-se numa fase final do Europeu em 2008 e, desde então, só falharam, cada qual, um encontro de Portugal.

O central do FC Porto não defrontou o País de Gales (2-0) nas meias-finais do Euro2016, devido a castigo, enquanto o médio do Wolverhampton, foi suplente no embate dos 'oitavos' da mesma competição, face à Croácia (1-0, após prolongamento).

Pepe e Moutinho somam, agora, 17 jogos, tendo deixado para trás o francês Lilian Thuram (1996 a 2008), o holandês Edwin van der sar (1996 a 2008) e os espanhóis Andrés Iniesta e Cesc Fàbregas (2008 a 2016).

No terceiro lugar, os dois veteranos lusos juntaram-se na lista a Gianluigi Buffon (2004 a 2016), colega de equipa de Ronaldo na Juventus, que não faz parte da 'squadra azzurra' desde 2018.

O alvo seguinte, que pode ser alcançado na quarta-feira, face à França, no regresso a Budapeste, é o retirado alemão Bastian Schweinsteiger, que disputou 18 jogos entre os Europeus de 2004 e 2016.

Depois, já não será possível subir mais, pois a liderança é do 'omnipresente' Cristiano Ronaldo, que começou em 2004 e, desde aí, só faltou a um mísero jogo da formação das 'quinas', face à Suíça (0-2), no terceiro jogo da fase de grupos do Euro2008, com Portugal já apurado para os 'quartos'.

Ronaldo, único jogador da história que disputou jogos em cinco finais e líder isolado da lista dos marcadores, com 11 tentos, disputou seis jogos em 2004, três em 2008, cinco em 2012, sete em 2016 e, para já, dois em 2020.

Ver comentários