Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Pussy Riot invadem a final do Mundial

Vestiram-se com uniformes da polícia, entraram em campo e cumprimentaram Mbappe.
15 de Julho de 2018 às 18:36
Pussy Riot no Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot no Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot no Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Pussy Riot invadem o campo do Mundial 2018
Os membros da banda de punk rock Pussy Riot invadiram o campo da final do Mundial 2018. As imagens estão a ser amplamente partilhadas nas redes sociais e mostram os quatro elementos, dois homens e duas mulheres, vestidos com uniformes da polícia. 

A banda correu para dentro de campo durante a segunda metade do jogo, conseguiram cumprimentar Mbappe e foram posteriormente expulsos pelas autoridades.

O grupo já assumiu a invasão nas redes sociais. Segundo a publicação, a roupa escolhida foi uma forma de criticar a postura da polícia russa. 



A banda tornou-se conhecida pelo mundo em 2012 quando as raparigas invadiram um igreja ortodoxa em Moscovo. Acabaram por ser condenadas a penas de prosão pelo crime de vandalismo motivado por ódio religioso. Cumpriram as penas, mas tornaram-se famosas em todo mundo.

Então, como agora, a banda protestava exigindo mais democracia na Rússia. A formação da banda mudou várias vezes, nesta invasão ao jogo da final, participaram dois homens e duas mulheres.
Pussy Riot Mbappe Mundial2018 França. Croácia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)